Palestras para o mês de setembro de 2018, na Associação Cultural Espirita Helil - Faro

Palestras para o mês de setembro de 2018, na Associação Cultural Espirita Helil - Faro

domingo, 2 de novembro de 2008

Localização


Rua Raul de Matos, Lote 58 - Loja B
8000 - 536 FARO

GPS: 37.017318,-7.917580




7 comentários:

  1. obrigado, pela dedicação, pela entrega à causa espírita, por estimular a guerra íntima contra as nossas más tendências e valorizar a auto-estima, por estimular o esforço no caminho da perfeição, mas reconhecer que todos estamos longe disso, obrigado por fazerem entender, que as dores físicas se tratam nos hospitais, e as dores morais nas casas do Senhor.

    ResponderEliminar
  2. Quando o ser humano se consciencializar que a riqueza da "vida" não pode estar refem duma única existência, de algumas décadas, e que a sua importância transcende o corpo corruptível que está usando então está em condições de alterar a sua mediocre trajectória na humanidade.
    Todos nós por experiência própria sabemos quanto difícil e arduo é o caminho do progresso e sobrevivência. Felizmente que a ciência evolui e tem permitido ao homem aspirar a melhores condições de vida mas esta rápida evolução não tem permitido igualmente um rápido crescimento espiritual do Homem que não consegue libertar-se do consumismo materialista e fazer o seu crescimento ético-moral de modo a possibilitar o desenvolvimento harmónico e humanizado das sociedades. Esta falta de abertura espiritual e consciente da importancia do Homem Integral (Corpo-Espírito) na comunidade humana tem levado á desagregação social com desvalorização dos apectos morais na Justiça, Fraternidade e procura de uma vida mais feliz entre os "homens" num planeta que cada vez se aproxima mais da sua auto-destruição.

    ResponderEliminar
  3. Partir para Regressar


    Temos todos momento certo para regressar
    Numa lenta espera até que tal vá acontecer
    Como fatalidade que todos temos de aceitar
    Para nossas dívidas e desencontros resolver.

    Alguns creem, a eterrnidade tudo sepultar
    Num vazio em que tudo deixará de existir
    Julgando assim da dor poderem-se libertar
    Não tendo de erros e faltas,de se ressarcir.

    Era beneficiar de imprópria justiça divina
    Que com vantagem desejariam tamém usar
    Liberando as consciências de faltas a resgatar.

    Deus oferece-nos Justiça, Amôr e Perfeição
    Essa é a Alegria e Esperança em se renascer
    Para enfrentar a eternidade, em nosso viver.

    Faro, 4 de Abril 2012

    GM

    ResponderEliminar
  4. Que mensagem tão importante neste soneto.
    Obrigada Sr. GM.
    Fique com Deus.

    ResponderEliminar
  5. Vivamos um Novo Ano


    Para que serve participar no engano

    Festejar a ruina do planeta todos anos?

    Gastam-se fortunas em armas e tecnologia

    Porque a ambição desmedida sustenta o poder

    Que destrói meios de vida para viver na fantasia

    E deixem que milhões de seres acabem por morrer.



    Não é apenas por desânimo ou pessimismo

    Que muita gente se revolte e viva no inconformismo.

    Porque será que o homem com tantos séculos de formação

    Não acompanham a evolução do desenvolvimento tecnológico?

    Pouco se tem feito para sua lúcida e indispensável modificação

    Não se realizar continuando negativo seu comportamento psicológico.



    Seria bom que houvesse mais alimentos e menos guerra

    Que a educação promovesse apaz e a fraternidade na Terra

    E as nações respeitassem a natureza e defendessem a vida.

    Que se promovesse a evolução do planeta sem o prejudicar

    Diminuindo a miséria, as injustiças e a ambição desmedida.

    Assim poderiamos viver melhor sem a fome e doença alastrar.



    Mais um ano velho, que em breve nos vai deixar.

    A humanidade com esperança continuará a aguardar.

    Os homens poderão com calma procurar se entender

    Para conciliarem os interesses e vontades, com altruismo.

    Existem graves problemas, para a humanidade resolver

    Sem sujeitar populações á exploração e ao ostracismo.



    Desde a antiguidade que os homens aceitam sujeições

    Da força e do poder que lhes impõem regras e limitações.

    Com compreensiva resignação compreendem tal exigência

    Se das leis e imposições resultar proveito para a sociedade.

    Pela ação dedicada de homens com muito saber e consciência,

    Bem vindos serão os dirigentes que governarem com honestidade.



    Os mesmos homens dispõem de meios técnicos e instrumentos

    Que permiirão as populações viverem com menos sofrimento.

    As dificuldades na transformação da sociedade para progredir,

    Em parte é devido a cidadãos corruptos que agem como vilões.

    Estiolam num atraso moral, com a ganancia de tudo querem possuir.

    Pondo em risco o equilíbrio social. roubando e violando as legislações.



    Se Ano Novo é para se perpetuar tal situação, quem deseja festejar?

    Deem mais esperança às pessoas para melhor poderem viver e sonhar.

    É necessário ofereçer uma boa educação. saúde, e o trabalho garantir

    Para que vivam até à velhice sem o receio de verem família hipotecada.

    Que possamos ter confiança nos políticos e ver as criança de novo a sorrir

    Num “Ano Novo” que nos permita encarar o futuroem paz e solidariedade.



    Faro, 30 Dezembro 2013

    GM

    ResponderEliminar
  6. O NATAL

    Deus fez da Terra o berço da cristandade
    Glória ao menino, que nos trouxe “Luz”
    Doando-nos Paz, Amor e Fraternidade
    O filho de Deus é o nosso messias Jesus.

    Noite em que corações vibram de amor.
    Adoram Jesus na sua familiar intimidade.
    Veio para nos salvar dos pecados e dor
    Com a sua doutrina de Amor e Caridade.

    Noite de alegria, de reflexão e de esperança
    No reino feliz, de paz, amor e temperança
    Onde o “Homem” ame a Deus e nele confia.

    É Natal…! Que Deus proteja e abençoe os lares
    Que haja Paz na Terra e em todos os lugares
    Onde se celebre com amor o Natal, todos dias.

    Faro, 05 Dezembro 2014
    gmarques

    ResponderEliminar

Deixe aqui a sua opinião